Revender Calçados

4.8 (95.86%) 29 votes

Você quer trabalhar com revenda mas ainda não definiu o ramo no qual quer atuar? Então, esse artigo poderá lhe ajudar!

Se ainda não decidiu o produto com o qual quer trabalhar, vale saber que a oportunidade de negócio no ramo de revenda de calçados se apresenta como uma das mais rentáveis no país, tanto para quem está desempregado e precisa ter uma renda todo mês, quanto para quem só deseja dar uma incrementada na renda mensal.

O segmento de calçados é bem amplo, oferecendo um leque de possibilidades, desde calçados para o dia a dia, mais formais, infantis, inclusive, sendo possível trabalhar com ambos os sexos.

O ramo de calçados,  justamente, por ser um nicho sempre em crescimento, a despeito de qualquer crise, é uma ótima opção para quem deseja entrar no mundo das vendas, pois, realmente, a chance de obter bons lucros neste mercado é muito grande.

É preciso ter em mente que alguns segmentos de mercado oferecem maior garantia de estabilidade, que é o caso do ramo de calçados, que comercializa produtos que, mesmo em épocas de crise, são procurados pelos consumidores.

A matemática é simples: Sapatos são necessários e se gastam, logo, é preciso adquirir novos. E não podemos esquecer o fato de que muitas pessoas são obcecadas em adquiri-los, na verdade, eles são uma das maiores paixões femininas, o que significa um maior número de vendas.

Por isso tudo, se você está pensando em abrir o seu próprio negócio, com certeza, não só pode, como DEVE  considerar revender calçados.

Mas atenção, assim como qualquer profissão, para que dê certo, é preciso pesquisar muito bem para conhecer o mercado, saber quais as opções de revenda, como conquistar e tornar fiel o seu público alvo, entre outras questões a considerar.

Revender Calçados – Atacado e Varejo

Revender-CalçadosÉ preciso saber que é possível revender calçados de várias maneias, desde comercializando de porta em porta, da forma tradicional ou até por meio de uma loja, que pode ser virtual ou física.

Atualmente, as lojas virtuais estão em alta, sendo vantajosas tanto para os vendedores quanto para os consumidores. Enquanto o empreendedor pode vender calçados para todo o país, sem sair de casa, bastando ter um e-commerce atrativo, com logística eficiente para fazer as entregas, o consumidor, por sua vez, também ganha, porque pode adquirir as mercadorias no conforto do seu lar e receber a encomenda na porta de casa.

Mas, independente da maneira que você escolher para revender calçados, o jeito de adquirir as mercadorias e vender é igual, ou seja, é preciso comprar os calçados em lojas que vendem por atacado, já que oferecem preços mais vantajosos para quem adquire um maior número de itens.

Então, comprando pelo atacado possibilita a venda por um preço mais alto do que se pagou por cada calçado, sendo possível ter um bom lucro.

Para entender: diferente do varejo, onde os consumidores finais normalmente compram apenas uma ou duas unidades de um mesmo artigo, no atacado, quanto mais se compra, menos se paga por cada item comprado. Por isso, a revenda se torna um bom negócio.

Revender Calçados vale a pena?

investimento-em-sapatosA resposta é SIM, e por vários motivos, e o principal deles, sem dúvida, é o fato de que o setor de calçados não se abala nem em tempos de crise, ou seja, as pessoas não deixam de comprar calçados mesmo quando o país está em crise, e isso porque as pessoas precisam se calçar e, também, porque as mulheres não abrem mão dessa paixão e não conseguem resistir a um lindo par de sapato.

Certamente, porém, como qualquer outro tipo de negócio, revender calçados vai valer a pena se houver bastante comprometimento por parte do revendedor, com muita dedicação e pesquisa.

É preciso saber, também que, mesmo que seja um ramo lucrativo, para vender bem é preciso oferecer produtos de qualidade e que atendem às necessidades dos seus clientes, além de definir quem é o seu público alvo.

É nessa hora que aparece a importância da pesquisa. É preciso avaliar para quem é melhor vender – talvez, para as pessoas mais próximas, em um primeiro momento, ainda mais se você pretende iniciar as vendas da maneira tradicional, no boca a boca.

Comece oferecendo os produtos aos amigos, familiares, colegas da faculdade e do trabalho e demais conhecidos.

Seja qual for o seu público alvo é preciso ter em mente que as pessoas estão cada vez mais exigentes, da classe A à classe B e C, portanto, a dica é se certificar da qualidade do produto que pretende vender.

Para que os clientes queiram comprar seus calçados, é preciso conhecer suas preferências, gostos, estilos e o quanto costumam gastar com calçados. Tendo essas informações em mãos, é preciso definir onde você vai comprar os produtos para revender.

As opções são muitas, podendo adquirir em lojas físicas ou até virtuais de atacado.

Uma boa dica é procurar revender calçados de uma mesma empresa, em um primeiro momento, para facilitar a logística. Dentre as muitas opções de lojas virtuais podemos destacar as seguintes:

  • Ramarim;
  • Lindaella;
  • Flávia Mendes;
  • Golfran Fianceé;
  • Anny Shoes;

E mais, trabalhando com uma única loja, é possível dar praticidade ao seu negócio, pelo menos no início, focando em uma linha de calçados que combine com os seus consumidores em potencial.

Mas claro, é preciso sempre estar atento aos concorrentes, procurar trabalhar com uma boa margem de lucro, portanto, escolhendo uma alternativa mais em conta que possibilite isso, e então, partir para estudar uma loja com boa aceitação, pesquisar as formas de pagamento, como comprar, avaliando qual loja mais vale a pena revender.

Investimento e Lucros ao revender Calçados

Já, certamente, o investimento inicial e os ganhos mensais no ramo da revenda de calçados dependem de uma série de fatores, como, por exemplo, a marca que vai comprar, quanto vai colocar de lucro, a quantidade inicial que vai adquirir, etc.

Quem é novo nesse ramo, no entanto, a dica é comprar poucas unidades para revender da primeira vez, dessa forma, o capital necessário para começar o seu negócio é menor.

E vale outra dica: antes de se jogar de cara no ramo dos calçados, mesmo até ele sendo muito lucrativo, vale pesquisar muito antes e tentar revender poucas unidades, para poder  avaliar o seu desempenho como revendedor, sem correr o risco de ter um grande prejuízo.

É preciso ter em mente que quanto mais você vender e mais inteligente for o seu plano de negócio, melhor será a sua média de lucro, por isso, tire o máximo de proveito da web, crie um site, invista nas redes sociais, criando páginas específicas para suas vendas e comece a ganhar dinheiro revendendo calçados.

Como começar a revender calçados?

Não tem mistério, para começar a revender calçados, o primeiro passo é preencher um cadastro por meio do site das empresas atacadistas.

Então, a segunda etapa é já partir para o primeiro pedido, com valor mínimo estabelecido pela empresa que, geralmente, fica em torno de R$100,00 a R$300,00 reais.

Pronto, se o pagamento for aprovado pelo site da empresa, os produtos serão encaminhados para entrega a domicílio abrangendo todo Brasil.

Simples assim!

Análise do custo/benefício

Como já foi dito, o investimento realizado para começar a revender calçados é bem acessível e flexível, sendo possível vendê-los aplicando uma margem de lucro maior para o consumidor final, garantindo um excelente retorno financeiro para o revendedor.

Flexibilidade de horários

E não se pode falar em vantagens em trabalhar com revenda de calçados sem falar na flexibilidade de horários, já que o revendedor é que vai criar sua rotina de trabalho conforme o seu número de clientes e disponibilidade de tempo.

Dicas para revender calçados

Para ter sucesso com a revenda de calçados, conquistando os melhores resultados, basta seguir algumas dicas  que, embora simples, podem fazer toda a diferença, tais como:

  • Divulgar nas redes sociais

O poder na Internet e, principalmente, das redes sociais, não deve ser ignorado, muito pelo contrário, é preciso saber tirar o melhor proveito possível dessa ferramenta. Assim, redes sociais como Facebook e Instagram devem se  transformar em grandes aliadas, em importantes vitrines de negócios. Por isso, é fundamental anunciar nesses canais. O revendedor pode criar uma página no Facebook exclusivamente para a divulgação dos calçados.

Claro, não basta criar a página, é preciso saber trabalhar nela, caprichando nas fotos, demonstrando os detalhes do produto e, até mesmo, montando pequenos “cenários” de fundo valorizando o calçado. Certamente, é preciso ter um contato para a venda, de preferência, utilizar o Whatsapp, também, como uma importante via.

  • Usar os produtos

Certamente, nada melhor do que o uso pessoal para mostrar confiança no próprio produto. Por isso, utilizá-lo pode ser um ótimo cartão de visita. E mais, você pode inspirar outras pessoas e levá-las a querer comprar o produto.

  • Montar uma carteira de clientes

O revendedor pode criar uma carteira de clientes, primeiramente, baseada nas pessoas que já pertencem ao seu círculo social, tais como parentes, amigos etc, devendo conter nome, telefone e e-mail.

Assim, quase que instantaneamente, os produtos são divulgados para uma maior quantidade de pessoas que, por sua vez, indicarão para outras, aumentando o número de interessados no produto.

  • Fazer uso de uma máquina para cartões

Vale investir, conforme as vendas forem aumentando, na compra de uma máquina que aceite cartões, para facilitar a vida dos clientes e ajudar a turbinar as vendas, fazendo com que os clientes obtenham melhores condições de pagamento.

E mais, a aquisição dessa máquina pode evitar muitas dores de cabeça quanto a possíveis “calotes” nos casos de quem costuma pagar em cheque ou pedir o famoso e temido “fiado.”

Afinal, revender calçados garante bons lucros?

melhores-sapatosAcredite, segundo pessoas que já trabalham com revenda de calçados há bastante tempo, sabendo trabalhar direitinho, se empenhando, a margem de lucro obtida pode chegar até 100%.

O melhor de tudo é não precisar investir muito para começar, e mais, o que permite já não ter que correr riscos, podendo começar aos poucos por meio de pequenos pedidos e ir repondo o estoque de acordo com as vendas, conforme elas vão sendo realizadas.

Outra grande vantagem que garante a lucratividade de trabalhar com revenda de calçados é poder contar com uma demanda contínua, já que é um item que todas as pessoas necessitam comprar com uma certa frequência e que as mulheres adoram.

Vale ressaltar, também, o fato de poder escolher uma marca que oferece um bom respaldo, desde a qualidade até a garantia da entrega, proporcionando a máxima satisfação dos clientes.

Enfim, com todas essas informações em mãos, agora fica mais fácil entender porquê revender calçados é tão lucrativo, já que com um baixo investimento, e em pouco tempo, pode garantir ótimos resultados financeiros com uma boa margem de lucro.

E então, o que acha de trabalhar com revenda de calçados?

Deixe seu comentário