Como importar roupas de marcas: veja aqui o passo a passo completo!

4.6 (92%) 15 votes

Como-importar-roupas-de-marcasComo importar roupas de marcas: veja aqui o passo a passo completo!

Comprar roupas lá fora, sem dúvidas, pode ser um tanto quanto vantajoso, desde poder economizar até 70%, ter acesso á marcas de grifes até contar com produtos de qualidade inquestionável.

Mas…nem todo mundo pode viajar e realizar essas compras, certo? E se você ama roupas e adoraria ter acesso à roupas importadas maravilhosas, saiba como é possível fazer isso de uma forma bem simples.

Poder comprar roupas do exterior, sem dúvida, é um sonho para muitas mulheres, e o melhor é que não é preciso mais viajar para os Estados Unidos para fazer isso, é possível comprar de forma online, ou seja, sem colocar os pés fora de casa, e é  que vamos mostrar agora, como importar e economia até 70%, importando peças diretamente das grifes.

Poder importar e garantir roupas 100% originais, de marcas famosas e por um preço muito mais acessível do aqui no Brasil é um sonho antigo que já pode se tornar realidade, porém, é preciso alguns cuidados para evitar possíveis aborrecimentos.

O problema é que muitas mulheres acabam desistindo de comprar, e isso se deve, muitas vezes, ao fato de acessarem lojas virtuais de marcas famosas, como Hollister e Abercrombie, e não conseguirem comprar, primeiramente, por não entregarem no Brasil e depois, pelos altos valores cobrados de brasileiros.

Por isso, resolvemos mostrar aqui, como exportar com eficácia e segurança, já que existe, sim, risco de haver transtornos e decepções, já que estamos falando de compras online o que, independente da localização, exige um cuidado extra.

E aí, pronta para aprender como comprar diretamente de fora do país?  Então, confira abaixo um passo a passo de como fazer isso de uma forma super simples, correta e sem transtorno algum.

1º Passo – Disfarce seu IP

Não deixe que as lojas virtuais americanas saibam que você é do Brasil!

Então, isso pode até parecer um procedimento ilegal, mas fique calmo, não é! Para conseguir comprar roupa fora do nosso país por um bom preço, é fundamental que a loja não descubra que você é do Brasil, pois, por mais que seja mais barato que aqui, os valores não virão muito diferenciados já que você não é daquele país.

Mas, o que acontece, é que o IP brasileiro vai acabar lhe “denunciando” e, com isso, irá acabar pagando um valor salgadinho pelos produtos.

Mas o que é IP? Não entendi!

É simples, primeiro é preciso saber o que é endereço IP , que nada mais é que um número que indica em que local do mundo você está.

Sempre ao acessar um site na internet, o seu computador envia seu endereço IP para esse site. Dessa forma, se você estiver no Rio de Janeiro, por exemplo,  sua conexão da internet tem o número dessa cidade, e quando você entrar em um site eles vão saber que você é de lá.

Assim, ao entrar em um site do exterior, qualquer um, como a Hollister, Nike, Adidas, eles vão saber que você é do Brasil e, claro, mostrar preços diferentes do que eles mostram para os americanos; ou até mesmo, ao saber que é do Brasil, nem permitem que você faça um pedido.

Ok, mas o que fazer?  Simples, é só usar uma extensão para navegador (Firefox, Internet Explorer, Safari, Google Chrome) que máscara o seu IP, ou seja, essa extensão muda o número do seu endereço IP para um número dos Estados Unidos, assim, ao acessar um determinado site de lá, o mesmo vai achar que você é dos Estados Unidos e, dessa forma, poderá aproveitar preços mais acessíveis nas suas compras.

marcas-internacionais2º Passo – Invista em um cartão de crédito Internacional

Pronto, já disfarçou seu IP, já pode até se passar por americano, agora precisa investir em um cartão de crédito internacional para conseguir pagar suas compras no exterior, se ainda não tem, terá que providenciar, e pode ser o tradicional do seu banco, caso ele tenha a opção de fazer compras no exterior.

Algumas empresas disponibilizam esse serviço com muita segurança e facilidade, é só escolher uma que mais se encaixe no ser perfil e adquirir o seu cartão.

Porém, caso não tenha cartão de crédito e nem como conseguir um, você pode criar um pré-pago, grátis na internet! Esses cartões podem ser de grande ajuda e funcionam como um celular pré-pago, no qual você primeiro coloca os créditos para depois usar, é bem prático e pode ser uma boa opção no seu caso!

3º Passo – Pesquise as melhores opções de lojas

Certamente, se você é o tipo que vive buscando novidades e está por dentro dos sites que comercializam as grandes marcas internacionais, não vai ter muito problema nesse passo que é descobrir onde pode encontrar roupas de grifes. Os mais acessados são Abercrombie e Holister, que são alguns exemplos de lojas famosas e com roupas de qualidade, voltadas para o público masculino e feminino, onde pode achar roupas da marca que quiser.

Porém, claro, é preciso ter alguns cuidados ao fazer compras online, seja em que site for, que devem valer até para e-commerces nacionais.

Um desses cuidados é, ao gostar de alguma loja que não conhecia ainda, procurar na Internet informações sobre ela, se certificar sobre sua reputação, para ter mais segurança na hora de adquirir um produto online, evitando possíveis estresses e dores de cabeça.

4º Passo – Alugue um endereço nos Estados Unidos

Criar um endereço para você nos Estados Unidos através de um redirecionador de encomendas é fundamental para facilitar todo o processo de importação.

Não precisa se assustar, essa prática não é nada ilegal, é só uma forma de facilitar todo o processo de importação. Na verdade, essa técnica já é muito usada por quem costuma comprar nos Estados Unidos.

Algumas empresas trabalham com isso, recebendo encomendas e reenviando-as à um endereço fora do país, Shipito  é a mais conhecida delas.

A empresa, no caso, a Shipito irá lhe fornecer um endereço para você poder enviar suas encomendas sempre que fizer compras em um site de roupas nos Estados Unidos. Suas compras ficarão guardadas lá, e o último passo é solicitar o envio para sua casa aqui no Brasil,  e isso de uma forma segura e super barata.

Vale saber que muita gente já vem fazendo isso há um bom tempo, ou para comprar produtos de uso pessoal ou para revender. Já que dessa forma você consegue comprar produtos com um preço mais em conta, e, assim, claro, revendê-los com uma boa margem de lucro.

4º Passo – Finalmente, produto em mãos!

Pronto, esse é o melhor dos passos, já que é quando terá seus produtos em mãos. Receberá em casa seu produto com preços bem mais acessíveis do que os praticados por aqui

Que tal revender produtos importados?

revender-produtos-importadosPronto, agora que conhece o caminho das pedras, que tal aproveitar essas dicas e começar seu próprio negócio com produtos importados?

Claro, vale pesquisar muito, ver o que seu público deseja, identificar um  nicho e, só então, investir em algo que pode, sim, trazer um bom retorno financeiro.

Mas, sempre lembrando de pesquisar a reputação da loja onde irá comprar seus produtos, evitando, assim, possíveis dores de cabeça e prejuízos.

Deixe seu comentário